Acessibilidade Inclusiva

Um ação voluntária para ajudar o próximo

Aumentar Fonte | Fonte Normal | Diminuir Fonte
Postado por Marcello Fernandes em janeiro - 3 - 2012 0 Comentários

O Sistema Único de Saúde (SUS) não terá mais que fazer implantes auditivos duplos em pacientes surdos conforme havia determinado a Justiça Federal do Rio de Janeiro em outubro de 2011. A decisão foi revista em dezembro pelo Tribunal Regional Federal da 2ª Região, conforme noticiado pela Agência Brasil.
Desde 2000, o SUS vem custeando implante auditivo em apenas um dos ouvidos para pessoas surdas, repassando cerca de R$ 45 mil por paciente. Em uma ação, a Defensoria Pública da União, porém, diz não haver justificativa para que o implante ocorra apenas em um ouvido, o que gera prejuízos à plena audição e à qualidade de vida dos pacientes. Além disso, a defensoria reclama que o SUS não arca com as despesas de manutenção do aparelho no pós-operatório, o que torna a cirurgia “inócua por falta de recursos financeiros dos pacientes”.
Entendendo haver urgência no pedido, o juiz de primeiro grau Iorio Forti acatou liminarmente o entendimento da DPU e determinou que o SUS se responsabilizasse pelos gastos do pós-operatório dentro de quatro meses. Também determinou que, dentro de dez meses, o SUS passasse a fazer implantes bilaterais em pelo menos 30% dos pacientes operados até agora, cerca de 2 mil.
Inconformada, a União entrou com um recurso no TRF-2 alegando que o juiz invadiu competência do Executivo ao alterar a política de implantes auditivos, o que acarretaria altos custos sem comprovação dos benefícios médicos. O argumento foi acolhido pelo tribunal, que entendeu que “há que se conciliar a capacidade de planejamento orçamentário do Estado com a necessidade de pleno atendimento da saúde”. A questão ainda deverá ser analisada no mérito.
Pela cirurgia em questão, insere-se uma prótese no ouvido interno criando o chamado “ouvido biônico”. A prótese é indicada para pessoas com surdez total ou quase total, que não conseguem ser atendidas pelo uso de aparelhos auditivos convencionais, que apenas amplificam o som.

Fonte: Consultor Jurídico

Postar no Twitter Curtir no Facebook
Categorias: Notícias

Deixe uma resposta

You must be Logado como to post a comment.

Blog's e Sites relacionados

Qualificação para Deficiente

Uma nova etapa na qualificação de pessoas com deficiência visual foi lançada pela Associação de ...

Síndrome de Williams

Associação Brasileira da Síndrome de William A SWB é causa da pela perda (deleção) de alguns genes ...

gif_videos

Sara Bentes na Reatech 2012 -

Música "Pra quê" Sara Bentes - Reatech 2012

logo escrito notícias em letra vermelha e fundo branco

Programa oferece 150 vagas par

Os interessados em participar do programa "Viver Melhor – Atividades Motoras", do Governo do Amazonas ...

Vídeos Interessantes

  • Vídeo da música PRA QUÊ, de Sara Bentes
  • Vídeo da apresentção do GRUPO CORPO EM MOVIMENTO