Acessibilidade Inclusiva

Um ação voluntária para ajudar o próximo

Aumentar Fonte | Fonte Normal | Diminuir Fonte
Postado por Marcello Fernandes em maio - 27 - 2011 0 Comentários

Smile Lendo

ACESSIBILIDADE
Venho percebendo, hoje em dia, muitas pessoas comentando sobre acessibilidade de maneira inclusiva. Por outro lado, observo que nem sempre essa acessibilidade está relacionada com a inclusão.
Observem:
1) Microcomputador: nem todos os deficientes possuem condições financeira para adquirirem essa ferramenta e ingressar na inclusão digital. Já os que possuem, esbarram no valor dos software (programas) .
Vejamos alguns exemplos:
     a) Deficiêntes Visuais (cegos): necessitam de programas leitores de tela (Virtual Vision, Jaws, etc.) para acessar pastas contendos arquivos de dados, sites na Internet, enviar e-mail e  ler livros, por exemplo;
     b) Deficiente Visual (Baixa Visão): necessitam de programas que ampliem a tela do computador. O Magic, por exemplo, atende a esse público mas possui um alto valor. A Lente de Aumento do Windows é um paleativo mas só amplia a região onde o mouse está localizado e não mostra a informação em boa definição;
     c)  Deficiente Físico: acessórios para serem utilizados na cabeça, nas mãos, na boca, dentre outros, também são caros e nem sempre atendem a um tipo específico de deficiência. São próteses genéricas. Aquelas feitas sob medida são mais caras ainda;
     d) Deficiente Auditivo: o programa como o Rybená, leitor de telas em Libras,  também é uma ferramenta facilitadora mas que seu custo ainda não está tão acessível.
2) Museus, teatros, cinemas, restaurantes, elevadores, praças: muitos desses lugares não possuem descrição em Braile, áudio, vídeo em Libras, rampas de acesso, sinalizações, vaga destinada ao deficiente e até mesmo uma pessoa habilitada no auxilio aos deficientes.
3) Educação: Nem todos os professores da Rede Estadual ou Municipal de ensino estão preparados para trabalhar com deficientes.
Farei algumas perguntas para tentar mostrar que a acessibilidade não está totalmente ligada com inclusão.
1) O que adianta um computador sem um programa específico?
2) Como um cadeirante pode assistir a uma peça teatral, realizada em uma sala no 2º andar de um prédio, o qual não possui um elevador ou rampa?
3) De que maneira um deficiente auditivo poderá acompanhar uma palestra sem qua haja legenda ou o auxílio de um intérprete de Libras?
4) De que maneira um professor gabaritado e com boa vontade de ensinar, mas sem a técnica específica, pode passar seus conhecimentos para um aluno deficiente?
5) Como  uma academia de educação física, sem aparelhos adaptados para cadeirantes, por exemplo, pode incluir essas pessoas?
Assim, constatei que a acessibilidade está disponível mas nem todos têm a chance de usufruí-la de maneira inclusiva. Problemas financeiros, indisponibilidade de acesso e a falta de pessoas para orientar como utilizar os recursos disponíveis são os maiores causadores da exclusão.
Relembro que todos devem ter os mesmo direitos perante a Lei.
OBJETIVO
Este site tem como objetivo criar um canal de comunicação onde seus visitantes tenham informações sobre os mais variados assuntos relacionados à deficiência. 
PROPÓSITO
Disponibilizar aos visitantes endereços e telefones de Associações, Fundações, Instituições, ONG´s, Universidades, além de entretenimentos, software facilitadores para a inclusão digital, e ainda, notícias relacionadas com  o tema Deficiência. 
INCENTIVO
Com o pai deficiente físico, após sofrer um acidente automobilístico ocorrido em 1986 e um amigo com baixa visão, iniciada em  2002, resolvi criar esse canal de comunicação.
INTERATIVIDADE – Participe Conosco
Espero que os visitantes enviem informações relacionadas com os mais variados assuntos que ajudarão na inclusão dessas pessoas.
COLABORADORES DO SITE
Todas as despesas relacionadas com este site, registro e a hospedagem em um servidor, está por minha conta (criador do site). É uma ação exclusivamente voluntária. Foi criado em junho de 2011.
Marcello Fernandes - Idealizador do Site
Formação: Superior: Tecnólogo em Processamento de Dados
                       Pós-Graduação: Informática Educativa
Michel Cantero - Deficiente Visual (baixa Visão) – Ator
Fabiano Cardoso - Desenvolvimento de Software

Agradeço a todos que visitaram esta página e colaboram para que este espaço se torne um grande portal de informações.

Postar no Twitter Curtir no Facebook
Categorias: Sem categoria

Deixe uma resposta

You must be Logado como to post a comment.

Blog's e Sites relacionados

Qualificação para Deficiente

Uma nova etapa na qualificação de pessoas com deficiência visual foi lançada pela Associação de ...

Síndrome de Williams

Associação Brasileira da Síndrome de William A SWB é causa da pela perda (deleção) de alguns genes ...

gif_videos

Sara Bentes na Reatech 2012 -

Música "Pra quê" Sara Bentes - Reatech 2012

logo escrito notícias em letra vermelha e fundo branco

Programa oferece 150 vagas par

Os interessados em participar do programa "Viver Melhor – Atividades Motoras", do Governo do Amazonas ...

Vídeos Interessantes

  • Vídeo da música PRA QUÊ, de Sara Bentes
  • Vídeo da apresentção do GRUPO CORPO EM MOVIMENTO